Medicina
Ortomolecular e Funcional

A medicina ortomolecular ou funcional , muda o foco do tratamento somente de doenças, a qual é realizado tradicionalmente, e foca no paciente como um todo.

Medicina Ortomolecular ou funcional é uma evolução da prática médica do século 21, tratando as necessidades da saúde de uma maneira global, preventiva e natural . Ao deslocar o foco do tratamento somente nas doenças, a qual é realizado tradicionalmente, para uma abordagem mais centrado no paciente como um todo, não apenas um conjunto de sintomas isolados. Praticantes da Medicina Ortomolecular ou funcional, dedicam tempo aos seus pacientes, para descobrir as interações entre os fatores genéticos, bioquímicos,  ambientais e  fatores de estilo de vida que podem influenciar a saúde a médio e a longo prazo e aumentar a chance das doenças crônicas.

Porque necessitamos da Medicina Ortomolecular e Funcional?

• Nossa sociedade está experimentando um aumento acentuado no número de pessoas que sofrem de doenças complexas crônicas, como diabetes, doença cardíaca, doença mental, doenças autoimunes,  fadiga crônica e obesidade, que não se resolve pois falta um tratamento que conecta todas as partes com uma visão global, não como peças isoladas de sistema, objetivo da medicina ortomolecular e funcional é o equilíbrio global do organismo.

• O sistema de medicina atual é orientada para o tratamento agudo e sintomático, o qual visa tratar o problema sintomaticamente. Infelizmente, a abordagem de cuidados sintomáticos é diferente de tratar preventivamente, no qual deve ser levando em conta a composição genética única de cada indivíduo, a influência da exposição a toxinas ambientais, deficiências vitamínicas e hormonais e  os aspectos do estilo de vida, que hoje influência diretamente sobre o aumento das doenças crônicas da sociedade ocidental moderna.

• A sociedade em evolução procura por uma medicina mais natural e fisiológica independente do sistema atual a qual é controlada pelos interesses financeiros da indústria farmacêutica.

Objetivos da Medicina Ortomolecular e Funcional :

  • Restaurar o equilíbrio gastrointestinal:A ciência moderna tem provado o que as civilizações antigas já sabiam, o sistema de cura se inicia com o equilíbrio do sistema gastro-intestinal. Patógenos intestinais, alérgenos, a alteração da microbiota e permeabilidade intestinal comprometem a saude do individuo, diminuindo sua vitalidade e favorecendo doenças como colites, gastrites, esofagites e doenças crônicas como artrite, depressão e obesidade. Normalmente este é o primeiro passo a se iniciar em um tratamento funcional e ortomolecular .
  • Desintoxicação de metais pesados tóxicos e tóxicos orgânicosNo início deste século XXI fica claro dois fatos: a primeiro, nós somos expostos a uma série de componentes tóxicos através do alimento, ar e agua , de uma maneira nunca vista antes na história da humanidade, o segundo fato é a diminuição da nosso capacidade natural do organismos de biotransformar  e eliminar o excesso de toxinas a qual somos expostos favorecendo sintomas como cansaço e dor e aumentando nossa chance de adquirir doenças como cancer , alterações endocrinológicas, neuropatias e doenças neurodegenerativas.  A intoxicação por metais pesados ou tóxicos orgânicos podem ser agudo,  aquela na qual os sintomas surgem rapidamente, algumas horas após a exposição excessiva, que podem acarretar até a morte se não tratado corretamente, ou intoxicação crônica, que caracteriza-se por surgimento de sintomas mais tardios, em meses ou anos, após exposição de pequena, entretanto, constante quantidade a produtos tóxicos acarretando sintomas mais leves e inespecíficos , entretanto, constantes como fadiga, dor, alteração do humor e etc. Na medicina ortomolecular e funcional é feito, quando suspeito clinicamente, uma pesquisa de como nosso organismo pode estar intoxicado crônicamente por agentes quimicos tóxicos e em casos de intoxicação como ajudar o organismo no processo biotransformação e desintoxicação.

Desintoxicação de metais pesados tóxicos e tóxicos orgânicos

No início deste século XXI fica claro dois fatos: a primeiro, nós somos expostos a uma série de componentes tóxicos através do alimento, ar e agua , de uma maneira nunca vista antes na história da humanidade, o segundo fato é a diminuição da nosso capacidade natural do organismos de biotransformar  e eliminar o excesso de toxinas a qual somos expostos favorecendo sintomas como cansaço e dor e aumentando nossa chance de adquirir doenças como cancer , alterações endocrinológicas, neuropatias e doenças neurodegenerativas.  A intoxicação por metais pesados ou tóxicos orgânicos podem ser agudo,  aquela na qual os sintomas surgem rapidamente, algumas horas após a exposição excessiva, que podem acarretar até a morte se não tratado corretamente, ou intoxicação crônica, que caracteriza-se por surgimento de sintomas mais tardios, em meses ou anos, após exposição de pequena, entretanto, constante quantidade a produtos tóxicos acarretando sintomas mais leves e inespecíficos , entretanto, constantes como fadiga, dor, alteração do humor e etc. Na medicina ortomolecular e funcional é feito, quando suspeito clinicamente, uma pesquisa de como nosso organismo pode estar intoxicado crônicamente por agentes quimicos tóxicos e em casos de intoxicação como ajudar o organismo no processo biotransformação e desintoxicação.

Imunoestimulante Terapêutico Ativado – ITA  é um imunomodulador formulado com agentes modificadores da resposta imune β-glucana e a β-glucuronidase, atua na supressão (ou anergia) das reações alérgicas, imunológicas e na modulação das células apresentadoras de antígenos da resposta imune natural e adaptativa humoral (células B) para formação de células T tolerantes.

O gel transdérmico pode ser uma via de administração hormonal, dependendo de cada caso.

Reestabelecer o equlibrio hormonal do eixo hipotálamo, hipofise , adrenal , tireoide e gonadal.

Para a medicina ortomolecular e funcional a questão hormonal vai além do uso do próprio hormônio; o que devemos fazer através da nossa dieta, do nosso estilo de vida, do uso de fitoterápicos e nutracêuticos para reestabelecer nosso equilíbrio hormonal? Muitas vezes reestabelecer níveis hormonais que diminuem com o envelhecimento podem ser necessários , enretanto, sempre levando em consideração fatores que aumentam seu nível sem o seu uso, em casos específicos sera necessário o uso hormonal, porém sempre hormônios bioidênticos e em doses fisiológicas de acordo com os níveis individuais de cada organismo, lembrando que os hormônios funcionam como uma orquestra aonde todos devem estar em perfeita sintonia para o melhor resultado.