TERAPIA DA DOR

Clínica de Dor – Tratamento da Dor – Tratamento Fibromialgia

A dor é a principal causa de afastamento do trabalho no mundo, pois quanto mais tempo com a dor, maior a chance dela se tornar crônica e incapacitante pois a dor altera nosso sistema neurológico e aumenta nossa percepção dolorosa tornando-a mais intensa e difusa. Clínica de Dor ou medicina da dor é uma área da medicina que têm como objetivo diagnosticar, tratar e prevenir a dor do tipo crônica, ou seja, aquela dor que deveria desaparecer em apenas algumas semanas ou dias, mas apesar de tudo persiste.

Tipos de dores que podem ser tratados na clínica de dor da Clínica Higashi:

  • Dor de coluna;
  • Dor de cabeça;
  • Dor das articulações;
  • Dor neuropáticas;
  • Dores musculares
  • Dores de tendões e bursas.

Tratamentos para alívio ou eliminação imediata da dor da Clínica Higashi

Técnicas Especiais de Injeção no tratamento da dor: Quando a dor se torna de intensidade moderada a intensa as técnicas especiais de injeção (procedimento para dor) é uma modalidade de tratamento avançado para alívio e controle da dor, pois consegue direcionar com uma agulha especial medicação no foco exato da dor (ex: nervo, músculo, raiz, tendão e etc).Existem vários tipos de técnicas especiais de injeção para o tratamento da dor. Cada técnica têm sua indicação precisa. Entre as técnicas especiais de injeção para tratamento da dor podemos citar o bloqueio epidural, bloqueio facetário, injeção sacro-ilíaca, bloqueio simpático nervoso, injeção de trigger-points, proloterapia, bloqueio do nervo ciático, injeção do nervo occiptal e etc.  Após a consulta em medicina da dor é indicado o procedimento específico a ser realizado. Normalmente ocorre alívio imediato da dor, porém o processo de melhora pode levar alguns dias, dependendo de cada caso. A técnica especial de injeção é realizado em uma sala específica dentro da nossa clínica de dor. O procedimento requer apenas anestesia local e têm duração média entre 20 a 30 minutos. Apesar das técnicas especias de injeção serem um procedimento seguro em mãos bem treinadas a Clínica Higashi possui equipamento moderno de Desfibrilador Automático Externo e Bolsa-Válvula-Máscara / insuflador manual e equipe treinada para SBV pela American Heart Association, para maior segurança de nossos pacientes.

Veja Mais 

Em medicina da dor podemos utilizar desde de medicações específicas controladas com alta potência analgésica até analgésicos e antiinflamatórios comuns, o importante é utilizar a medicação correta na dose certa e quando indicado. Algumas medicações  derivados do opioide, podem ser uteis, em caso de dor intensa refratária ( receita amarela controlada).

O uso da Cannabis como tratamento medicinal não é algo novo na humanidade, data de 2700 A.C.  Atualmente no total 110 canabinoides distintos já foram isolados, sendo o canabidiol (CBD) e o tetra-hidrocanabinol (THC) aqueles que se apresentam nas maiores concentrações e devido às suas diferentes interações com os receptores do sistema endocanabinoide humano e, portanto, suas atividades biológicas, formulações contendo diferentes dosagens de CBD e THC vêm sendo indicadas para pacientes que se encontram em diferentes contextos patológicos, como exemplo epilepsia, espasticidade na esclerose múltipla , náusea e vômito induzidos por quimioterapia e dor crônica em adultos.

 (https://diariodorio.com/rafael-higashi-cannabis-medicinal-uma-mudanca-de-paradigma-em-relacao-a-maconha/)

algumas substâncias podem ser utilizadas via endovenosa, pois sabe-se que a via endovenosa é mais potente em relação a via oral, em casos de crise aguda intensa, medicações específicas por via endovenosa podem ser indicado.

 (https://youtu.be/R1b6bESVOXE)

em casos de dor leve a moderado  a técnica de acupuntura realizada corretamente por médicos pode ser útil no alívio da dor. Na milenar Fitoterapia Chinesa existem ervas que podem ter efeito poderoso no controle da dor.

é uma nova modalidade de tratamento que se utiliza da tecnologia eletromagnética capaz de estimular o cérebro através de um método indolor e não-invasivo. Estudos tem apontado que a dor crônica refratária tem como causa uma disfunção do sistema nociceptivo neurológico cerebral , por isso técnicas de neuromodulação cerebral não invasiva tem mostrado resultado na correção desta disfunção de origem neurológica central.

Durante muitos anos, pessoas que sentiam dor pelo corpo, além de cansaço, tristeza, dormência nas mãos, tonteira, alteração da memória, alteração do sono e alterações intestinais, eram considerados com problemas puramente psicológicos. Entretanto, o fato demonstra que estas alterações fazem parte de uma doença chamada de Fibromialgia.
Com o avanço da medicina descobriu-se que a fibromialgia tem um como base alteração genética associado a três fatores: alterações neuroendocrinológicas (substâncias que podem modificar o humor, ânimo e gordura de todo o nosso organismo), alterações de neurotransmissores (substâncias que podem modificar o emoções no cérebro) e disfunção neurosensorial (alteração no sistema neurológico que pode modificar o modo como sentimos a dor).
Estas três alterações, que são herdadas geneticamente, costumam manifestar-se em uma pessoa após um trauma físico ou emocional como uma grande decepção, morte de um ente querido, separação, etc.
O trauma físico ou emocional tem importância fundamental no gatilho para início dos sintomas da fibromialgia, provavelmente por acentuar um desequilíbrio neuroquímico e hormonal já existente no organismo da pessoa com a herança genética da fibromialgia. Recentemente causas infecciosas têm sido observado como fator deflagrador da fibromialgia.
A fibromialgia é uma doença sendo seu controle necessário, pois para as pessoas que sofrem com esta doença existe perda significativa na qualidade de vida com grande prejuízo no trabalho, convívio social e familiar.
O tratamento da fibromialgia  requer uma visão global do organismo corrigindo as alterações neuroendócrinas, dos neurotransmissores, neurosensoriais, e traumas físicos ou emocional causas infecciosas também tem sido relatado como causa da fibromialgia.

Mais informações sobre tratamento da dor pelos telefones da Clínica Higashi: Londrina | PR : (43) 9 9930 0185 | (43) 3323 8744 | ou Rio de Janeiro | RJ : (21) 9 8208 4972 / (21) 34398999